quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

LIBERTE-SE DO PASSADO - O emocional pode causar danos à saúde; Jesus disse: vinde a mim...

Já está mais do que provado cientificamente que, o estado emocional contínuo de tensão e amargura traz enfermidades ao corpo humano. Gastrite, úlceras e até alguns tipos de cânceres, estão relacionadas com o estado de espírito que a pessoa adota para si. Os problemas emocionais, efetivamente, tornam-se muito mais contundentes do que outros embates da vida cotidiana.
Ao lembrar as dificuldades, sofrimentos e mazelas que no passado feriram o corpo e a alma; não raras vezes, você revive na reprise desses maus acontecimentos uma ansiedade muito parecida com a original. Então, você  sente os sinais da depressão e se martiriza outra vez.  
Você deve estar pensando agora mesmo: isso é verdade! 
Por que carregar aquelas lembranças traumáticas? Por que chorar de novo se agora você pode desfrutar uma nova fase da sua existência? Será que é possível apagar da memória os fatos que causaram e ainda causam tanto sofrimento? 
Deus sabe da sua constituição física e mental. Por isso mesmo, muitos ensinos relacionados a uma vida saudável foram registrados nas Escrituras Sagradas. E, cuidar do bem estar e da saúde é um dever de cada um de nós.
Deus não quer que você ande com depressão por nenhum problema ou circunstância. Você precisa mesmo colocar uma meta para sair desse círculo vicioso. E, é claro, buscar ajuda do Senhor para alcançá-la.
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus (Fl 3.14).
A Bíblia Sagrada nos exorta a cuidarmos do nosso corpo, pois a "saúde" não é apenas ausência de doenças; é a presença da vontade, do entusiasmo e do poder para vivermos melhor. Sem esses elementos não há condições para uma vida feliz e produtiva - tanto no relacionado ao lado material, bem como, a tudo quanto for relacionado ao espiritual. Consequentemente se adotarmos a prática da terapia bíblica cristã, teremos mais disposição, ânimo e alegria para viver.  
Confirmando essa assertiva, aprendemos na instrução do Apóstolo Paulo que, o nosso corpo físico "é de Deus". Assim, porque a perfeição é um dos Seus atributos, precisamos cuidar da Sua propriedade em todos os sentidos.
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmo? (I Co 6.19). 

LIBERTE-SE DOS MALES DO PASSADO
Pare de se lamentar! Deixe de carregar esse peso excessivo que lhe corrói por dentro e por fora. A solução vem de Deus, porque Ele é o doador da vida.
Jesus disse: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve (Mt 11.28-30).
Aproprie-se das bênçãos que o Mestre coloca à sua disposição. O que passou, passou! Já era, já foi - é passado! Quando você relembrar - não se lamente, não chore. Procure tirar algum proveito do sofrimento que já foi embora. Mesmo de horas amargas se pode tirar proveito, nem que seja experiência.
Use a cabeça, raciocine - pense claro e tenha fé em Deus; tudo será diferente!
Mas, nós que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação (ITs 5.8). 
No tempo antigo o capacete era usado na cabeça com o objetivo de protegê-la; e até hoje ele tem a mesma finalidade. É na cabeça que está alojado o cérebro que comanda os pensamentos e os movimentos voluntários e involuntários de todo o indivíduo. Dessa forma, essa central importantíssima do corpo deve estar envolvida, não com choro de amarguras, mas, sim, com a possibilidade extraordinária que pode ser obtida pela fé e esperança em Jesus Cristo o Salvador.
Esquecer o passado é impossível. Mas, é plenamente possível neutralizar os efeitos danosos de algo que já causou sofrimento. Além disso, desaparecer... procurar sumir com a memória seria até prejudicial. Você não pode determinar à sua mente que esqueça disso ou daquilo. No entanto, pode rever e enfocar as suas lembranças não com o peso da mágoa e da dor. Por isso, use outros mecanismos e o resultado também virá de um modo diferente. 
Um bom exercício é ocupar a mente com pensamentos positivos. Não com o positivismo humanista falido; porque o homem bem pouco sabe e quase nada tem.  
Disse Jesus: Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer (Jo 15.5).
Ocupe a sua mente com aquilo que preceitua as  Escrituras Sagradas no ensino do Apóstolo dos gentios:   
Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai (Fl 4.8). 
E, dessa maneira, quando a sua mente lhe fizer olhar para trás, prometa para si e para Deus, viver no presente uma vida digna, harmoniosa e plena.
Se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo (IICo 5.17). 



                                                                    Pastor Renato Moura

 
 
 
   

 

2 comentários:

  1. Marli Terezinha em 11 de Janeiro de 2013 - escreveu:
    Pastor Renato, acabei de ler com muita avidez e atenção a sua postagem sobre viver no presente , esquecer o que nos feriu, pois as dores do passado nos causam danos. Estou consciente disso, porém se torna difícil fazer ou agir como se deve segundo as leis de Jesus. As dores que nos feriram no passado
    parecem querer viver para sempre, e perdoar é muito difícil tbm, pois perdoar é ñ lembrar mais o que passou.
    Tento sempre ser melhor.
    Pastor o motivo de estar mandando este e-mail é devido a falha que houve qdo fui publicar meu comentário em seu blog.
    Tentei várias vezes, mas meu comentário desaparece.
    Gostaria de lhe parabenizar pela evangelização através do blog.
    Um abraço!
    Marli Terezinha

    ResponderExcluir
  2. Em 21/01/13
    Olá Marli Terezinha.
    Muitas pessoas já sabem desse mal que a falta de perdão causa.
    Sabem porque tiveram conhecimento ou porque vivenciarem na própria pele.
    O problema vc colocou: agir de acordo com a vontade de Cristo.
    Mas, a vontade Dele é que vivamos bem.
    Lembre-se das palavras com as quais Jesus nos encorajou a prosseguirmos:
    Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas (João 10.9-11).
    Inicialmente Ele se coloca como a porta por onde nós, as ovelhas, teremos que passar para encontrarmos pastagens. E, esse alimento significa suprimento, para o corpo e para a alma (sentimentos) - nutrição que completa a falta que temos em todas as áreas da vida.
    Depois o Mestre nos lembra que fomos roubados e se não morremos, fomos feridos de morte, e ainda tentam destruir-nos. Mas, Ele veio para nos dar vida, não uma vida restrita, acanhada em sofrimentos de queixas sem fim. Ele veio para nos dar vida plena! Porque Ele é sumo pastor das nossas almas.

    Mesmo assim, entendemos ser muito dificil e até impossível esquecer. Daí, podemos aplicar os exercícios mentais/espirituais que nos auxiliam no processo.
    Você pode recapitular os 5 últimos parágrafos do texto no blog:
    LIBERTE-SE DO PASSADO

    Na prática do perdão, necessitamos dar e receber.
    Bem, receber depende dos outros, e se aqueles a quem ofendemos não quiserem nos dar o perdão, Ele, Jesus, nos dá a Sua vida! E pela Sua morte na cruz obtemos o perdão ( se houver um justo arrependimento ) de acordo com a legalidade da justiça divina.

    Mas, dar o perdão depende nós, por isso pratiquemos a vida cristã.
    A sua capacidade em exercitar o perdão, influencia diretamente a sua qualidade de vida!
    Dessa maneira, seremos duplamente beneficiados: nessa vida e na outra!

    Amém!

    Não sei pq seu comentário sumiu. Fui até a janela "comentários aguardando moderação" e o seu não estava lá.

    Agradeço por seu elogio.
    Fique com Deus!
    Pastor Renato Moura

    ResponderExcluir

O seu comentário sobre essa matéria será bem recebido.